10 Benefícios do Boldo-do-Chile – Para Que Serve e Indicações

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

10 Benefícios do Boldo-do-Chile – Para Que Serve e Indicações

Quem nunca recorreu às folhas de chá de boldo para aliviar aquela dor de estômago? Então, o boldo-do-chile é uma planta muito disponível usada medicinalmente há séculos. Ele demonstra potencial para tratar distúrbios digestivos, promove a boa saúde do fígado, ajuda o intestino e muitos outros problemas, pois sua composição é repleta de antioxidantes, anti-inflamatórios, antibacterianos e antissépticos.

Embora o seu sabor não seja um dos mais agradáveis entre os chás, o que justifica as caretas na hora de beber, quando é ingerido na quantidade e frequência certa, é capaz de ajudar e muito a saúde.

Você conhece o boldo-do-chile e seus benefícios? Vamos falar sobre eles, além de abordar para que serve e as suas indicações.

Informações sobre o boldo-do-chile

O boldo é nativo do Chile, mas também é encontrado em muitos outros países, inclusive aqui no Brasil. As folhas da planta costumam ter um aroma forte e são usadas para fins culinários e medicinais. Elas geralmente são colhidas, secas e utilizadas para preparar um chá de ervas, cataplasmas, emplastros e é possível encontrar o boldo como um extrato em lojas de produtos naturais e farmácias.

Embora não seja o mais comum, o uso da folha fresca costuma ser muito utilizado e geralmente seus efeitos são bem mais potentes. Enfim, o boldo pode ser ingerido sozinho ou combinado com outras ervas, o que agradar mais o seu paladar.

Para que serve?

O boldo-do-chile é popular para reduzir os desconfortos digestivos, mas historicamente falando ele já foi usado para tratar insônia, reumatismo, cistite, gonorreia, sífilis, resfriados, prisão de ventre e dor de ouvido.

Atualmente, o seu uso está mais relacionado ao tratamento de problemas do fígado, vesícula biliar, digestão e sistema imunológico, pois ele é capaz de ajudar a eliminar cálculos biliares, estimular a produção da bílis, o que beneficia o corpo de várias maneiras, além de ajudar a digestão e eliminar a constipação.

Além disso, as folhas de boldo-do-chile são repletas de antioxidantes que são conhecidos por combater os radicais livres, prevenindo o aparecimento de várias infecções e doenças, e também contêm propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas e antissépticas, o que tem muitas utilidades.

O boldo-do-chile se mostra muito versátil e serve para tratar diversos problemas e isso pode trazer resultados valiosos para a saúde.

Benefícios do boldo-do-chile

Diversas pesquisas e estudos são constantemente realizados para evidenciar os benefícios do boldo-do-chile e alguns resultados promissores já são constatados, mostrando que essa planta pode ajudar a impulsionar a sua saúde.

1. Melhora a digestão

O boldo-do-chile é popular por ajudar de forma efetiva a melhorar a digestão. Isso acontece porque sua composição é repleta de antioxidantes que estimulam a produção da bílis no fígado. A bílis ajuda a digestão, quebrando os alimentos, principalmente as gorduras.

Além disso, os óleos essenciais das folhas de boldo podem tratar indigestão, vômitos, diarreia e intoxicação alimentar, pois elas agem como um agente antimicrobiano, que ajuda a aliviar esses sintomas.

2. Contribui com a saúde do fígado

O fato das folhas de boldo estimularem a produção da bílis costuma beneficiar absurdamente o fígado. Ele é um órgão responsável por centenas de funções no corpo, mas uma das principais é a eliminação de resíduos e toxinas, impedindo um acúmulo que pode viabilizar o surgimento de algumas doenças.

Muitas pesquisas também já foram realizadas e comprovaram que o boldo-do-chile ajuda a proteger as células do fígado quando há um excesso de toxinas, além de impedir os danos provocados pelos radicais livres.

Além disso, o óleo essencial aumenta a micção, para ajudar a drenar toxinas, como ácido úrico, sais mineiras, gorduras, água, bílis e qualquer depósito nos rins, mantendo-os limpos. Por fim, seu poder anti-inflamatório pode desinflamar o fígado, facilitando a cicatrização, regeneração e funcionamento.

Esse efeito costuma ser mais potente quando o chá é preparado com as folhas frescas da planta.

3. Ajuda a eliminar cálculos biliares

Como a produção da bílis aumenta com a ingestão do boldo, essa condição ajuda a reduzir os cálculos na vesícula biliar. Ele é capaz de promover o esvaziamento da vesícula frequentemente e esse movimento pode estimular a eliminação antes que os cálculos causem danos mais sérios para a saúde.

4. Promove um sistema imunológico mais saudável

O sistema imunológico saudável tem a capacidade de formar uma proteção contra agentes nocivos capazes de provocar doenças. O boldo-do-chile pode apoiar esse sistema, pois ele é um antimicrobiano e antibacteriano que impede que vírus, bactérias e outros se alojem e desenvolvam infecções.

Outro benefício é que seus efeitos anti-inflamatórios podem combater a inflamação excessiva em qualquer parte do corpo e os antioxidantes combinados com os fitoquímicos, como limoneno, cânfora, boldina, cumarina e beta-pineno combatem os radicais livres, minimizando os danos celulares. Tudo isso ajuda o sistema imunológico, porque ele fica menos vulnerável as infecções.

5. Pode tratar a prisão de ventre e parasitas intestinais

A constipação é muito desconfortável e costuma trazer inúmeros sintomas para aqueles que são acometidos pela situação. Já vimos que o boldo-do-chile pode ajudar o aparelho digestivo de várias formas e ele pode dar uma força para esse problema também. Ele contém um óleo que possui efeitos laxativos, que promovem os movimentos intestinais, diminuindo os esforços para evacuar.

Além disso, o ascaridol, que é um composto orgânico presente no boldo, supostamente possui propriedades antiparasitárias capazes de ajudar a eliminar os parasitas intestinais.

Se você sofre com esses problemas, vale a pena tomar um chá feito com as folhas ou usar seus extratos.

6. Ajuda as infecções do trato urinário

As folhas de boldo-do-chile podem ser usadas para as infecções do trato urinário. Isso é possível porque elas são antimicrobianas e antissépticas, que no corpo trabalham para expulsar as infecções. São capazes de combater cistite e até a sífilis e gonorreia, que são consideradas doenças sexualmente transmissíveis de natureza bacteriana. Beber o chá de boldo é uma maneira natural de tratar, prevenir e restaurar a saúde do trato urinário.

7. Estimula a circulação sanguínea

O boldo-do-chile pode ter um efeito estimulante sobre a circulação sanguínea e essa condição faz com que o corpo potencialize a circulação e a taxa de respiração. Além disso, ele promove a circulação sanguínea em áreas afetadas pelo reumatismo e artrite, que são doenças que sofrem com essa obstrução, promovendo um alívio e diminuição da dor. Ele também atua na vesícula biliar, secreção de suco gástrico, fígado, baço, glândulas endócrinas, hormônios e enzimas.

8. Ajuda a acalmar os nervos

Os óleos provenientes do boldo podem ter efeitos relaxantes, o que acalma os nervos, reduz o estresse e tranquiliza. Porém, para essa finalidade ele deve ser usado em doses bem pequenas, que já são capazes de promover fortes efeitos intoxicantes ou narcóticos no sistema nervoso.

Atenção: doses altas provocam sintomas como náuseas, dores de cabeça, convulsões e até coma.

9. Ajuda a tratar ferimentos

Quando estamos com machucados e feridas na pele, ficamos totalmente vulneráveis à aproximação de bactérias que podem provocar uma infecção. O boldo-do-chile contém óleos que ajudam a evitar a proliferação de germes e bactérias, evitando que eles se multipliquem nos machucados. Além disso, pode ajudar a combater a infecção e prevenir a sepse e o tétano, que geralmente são desenvolvidos por causa das bactérias.

10. Pode potencializar a perda de peso

O boldo-do-chile emagrece? A resposta é não, mas o fato dele melhorar outros sistemas pode contribuir consideravelmente e potencializar os seus esforços para perder peso. Como vimos, ele ajuda a melhorar a digestão, estimula a produção da bílis, que faz o fígado eliminar mais toxinas e resíduos, impulsiona os movimentos intestinais para funcionar corretamente e mantém o sistema imunológico saudável, além de melhorar o metabolismo.

Com todas essas funções operando plenamente, o corpo será capaz de responder mais eficazmente a uma dieta para perder peso.

Indicações

O boldo-do-chile costuma ser usado como uma bebida por pessoas que buscam proporcionar esses benefícios para o corpo, porém cada um dos problemas requer um indicação de uso específica. Por esse motivo, trouxemos algumas recomendações sugeridas pela medicina Ayurveda.

  • Fígado: Utilize as folhas frescas de boldo para preparar um chá e beba uma xícara diariamente.
  • Cálculos biliares: Utilize 15 gramas de folhas de boldo e 1 litro de água para preparar um chá. Misture os dois e leve ao fogo, após levantar fervura espere 2 minutos e desligue o fogo. Coe e beba duas xícaras por dia. Essa indicação também pode ser usada para tratar litíase biliar.
  • Distúrbios estomacais:Faça um chá com folhas e água, deixe em infusão e beba ainda quente, de preferência após as refeições.
  • Colecistite: Faça um chá utilizando 15 gramas de folhas de boldo-do-chile e 1 litro de água. Misture a água e o boldo, leve ao fogo e depois de ferver deixe por mais 2 minutos. Coe e beba duas xícaras por dia.
  • Inchaço: Prepare um chá usando as folhas secas de boldo-do-chile. Beba antes das refeições.
  • Infecção do trato urinário: Misture na mesma proporção flor de neve, folhas de bérberis e folhas de boldo secas. Moa os ingredientes e acrescente meia colher de chá em uma xícara de água. Tome uma xícara diariamente.
  • Dor reumática e Neuralgia:Faça uma pasta com as folhas e misture com uma pequena quantidade de água. Aplique sobre a área e pressione com um pano limpo. Deixe por alguns minutos e remova. Você também pode tomar um banho com água de boldo, é bom acalmar a dor reumática.
  • Relaxar os nervos:Faça um chá com folhas e água, deixe em infusão e beba ainda quente, de preferência após as refeições.

Formas de usar o boldo-do-chile

  • A forma mais comum de usar o boldo é fazendo um chá. Ele pode ser feito adicionando 2 gramas de folhas secas em água quente e ingerido 15 minutos antes de cada refeição.
  • As cápsulas de boldo-do-chile e o extrato seco também são boas opções e podem funcionar como um complemento da dieta.
  • Você também pode fazer compressas, misturando 20 gramas de folhas secas com água quente. Elas podem ser aplicadas nos locais com a ajuda de uma toalha limpa.
  • Para os cataplasmas e emplastros basta misturar folhas secas com um pouquinho de água quente até obter uma pasta. Na sequência aplique-o na área afetada e pressione com um pano.
  • As folhas podem ser adicionas aos alimentos, da mesma maneira que às folhas de louro.
  • O extrato de boldo pode ser inserido em bebidas alcoólicas, para fins aromatizantes.
  • Folhas e casca são podem ser usadas como um condimento, após serem devidamente moídas.

Contraindicações

  • Você não deve usar o chá boldo por períodos prolongados de tempo, e grandes doses de boldo podem causar paralisia e até a morte.
  • Pacientes que sofrem com distúrbios renais, doenças do fígado, cálculos biliares e outras condições médicas não devem usar o boldo-do-chile sem falar com um médico.
  • Ingerir muito boldo-do-chile pode provocar irritação nos rins e trato urinário.
  • O ascaridol pode desencadear a menstruação. Dessa forma, as mulheres grávidas ou amamentando não devem usar o boldo, até porque o chá de boldo-do-chile aborta e pode causar defeitos congênitos.
  • Pessoas que estão usando medicamentos para diluir o sangue não devem consumir o boldo-do-chile.
  • Aqueles que sofrem de trombocitopenia ou hemofilia não devem ingerir.

Efeitos colaterais

Há alguns efeitos colaterais desagradáveis ​​de beber muito chá de boldo, incluindo:

  • Intoxicação por ascaridol, uma substância química que ocorre naturalmente em boldo.
  • Quando aplicado na pele, o boldo pode provocar uma irritação. Se perceber esse efeito colateral retire imediatamente.
  • Boldo-do-chile pode causar bloqueio do ducto biliar. Há uma preocupação de que o fluxo extra de bile estimulada pelo boldo-do-chile possa ser prejudicial em pessoas com ductos biliares bloqueados.
  • O boldo pode retardar a coagulação do sangue. Se for passar por algum procedimento cirúrgico pare de usar para evitar uma possível hemorragia durante e após a cirurgia.

Conclusão

Embora o boldo-do-chile apresente alguns efeitos colaterais, quando utilizado corretamente e pelo tempo certo ele é capaz de potencializar a sua saúde e ajudar a tratar algumas condições. Ainda que seja um produto natural, se o seu objetivo é utilizar como um coadjuvante de seu tratamento, converse com o seu médico e avalie com ele todos os benefícios e riscos do consumo do boldo-do-chile.

Referências adicionais:

  • http://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/104365969901000207
  • https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-593/boldo
  • https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3719254/
  • https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/ijfs.12858
  • http://www.academicjournals.org/journal/JMPR/article-abstract/4FFDDAA22548
  • https://pfaf.org/user/Plant.aspx?LatinName=Peumus+boldus

Você já experimentou o chá de boldo-do-chile ou alguma outra forma de consumo desta planta para algum propósito? Teve bons resultados? Comente abaixo!

Dicas e Receitas é um blog de receitas e dicas para o dia-a-dia e bem estar. Nenhuma pesquisa realizada na internet deve substituir o trabalho de um profissional especializado. Consulte seu médico antes de seguir qualquer nova dieta ou atividade.

Compartilhe:

Deixe uma resposta